Relato Singelo Sobre Uma Vida

Relato Singelo Sobre Uma Vida

Sou arquiteta formada pela USP há algum tempo. E trabalhei como arquiteta muito tempo. Numa feira de sebo em Curitiba, onde resido, encontrei uma revista, Filosofia, que decidi assinar. Nesta revista, endereçado diretamente a mim, um artigo de um filósofo clínico e uma explicação do que é a filosofia clínica.

Tive o privilégio de me iniciar na filosofia clínica como partilhante da querida Nichele que então residia em Curitiba. Gostei tanto e me identifiquei tanto que ia iniciar o curso com ela, mas por um fato do destino ela teve que regressar a Porto Alegre em seguida. Perdi todos os contatos, mas um dia soube de uma palestra em Curitiba do Lúcio Packter. Novamente aquela chama interna se reacendeu, marquei consulta com ele e passei a ser partilhante do Lúcio desde então.

Para não me alongar: em nossas caminhadas sob as frondosas árvores do centro fui percebendo que não vivia o que queria viver e este era o grande problema que me fazia infeliz. Inscrevi-me no curso de filosofia clínica que já estava organizado em Curitiba. Iniciado o curso pensei porque não estudar Filosofia já que este era um requisito para se tornar um filósofo clínico. Fechei meu escritório, voltei aos bancos da faculdade, terminei minha pós em filosofia clínica e ao final deste ano termino a faculdade de filosofia.

Mudamos ao longo da vida. Os caminhos não obrigatoriamente devem permanecer os mesmos. Espero em breve fazer parte dessa maravilhosa caminhada com meus colegas que me trouxeram até aqui. Teria muito mais a relatar, mas o espaço é curto e o essencial já disse.

Liana Zilber Vivekananda – Curitiba/PR

Facebook
Instagram
WhatsApp chat